monitoramento de câmera monitoramento de câmera

Monitoramento de câmera na nuvem: quais são as vantagens?

4 minutos para ler

Contar com um sistema de monitoramento de câmera na nuvem é fundamental para garantir a segurança da sua residência.

Mas, afinal, como funciona o monitoramento de câmera na nuvem? É bem simples: as imagens geradas pela câmera de DVR, NVR, CFTV ou Encoder são enviadas para um servidor onde são armazenadas.

Assim, é possível ter as imagens gravadas duas vezes.

Isso é só o começo, pois há muitas vantagens que a gravação em nuvem pode proporcionar.

Ficou interessado? Então aproveite e baixe nosso e-book gratuito sobre o tema!

Monitoramento em NuvemPowered by Rock Convert

Continue a leitura e confira os benefícios indispensáveis para sua segurança!

Imagens protegidas de roubos

Um condomínio que possui o sistema que armazena as imagens na nuvem certamente terá uma probabilidade menor de ser assaltado por pessoas especializadas neste tipo de roubo.

Basta que o condomínio identifique, com uma única placa ou adesivo, que as imagens não vão ficar guardadas no local, mas sim em um servidor remoto.

Tal fato, por si só, já vai inibir a ação dos assaltantes significativamente.

Afinal de contas, a maioria desses grupos age destruindo as imagens para garantir a integridade dos assaltantes, evitando problemas com a justiça.

Por isso, caso eles não possam ficar 100% seguros, provavelmente vão descartar a ideia.

Segurança e facilidade de acesso

Muitas pessoas acham que vídeo de segurança se trata de algo blindado, impossível de ser destruído.

No entanto, não funciona assim, pois mesmo que a filmagem já tenha sido feita, ela pode não estar ali para sempre.

Quando não se conta com um sistema de armazenamento das imagens em nuvem, o material pode ser apagado ou roubado.

Porém, quando se tem esse armazenamento, mesmo que o assaltante destrua a câmera ou a central de armazenamento físico, as imagens continuarão salvas na Internet, podendo ser acessadas a qualquer momento.

O cloud computing se tornou um termo associado ao software facilitado e ao armazenamento de dados.

Com o monitoramento de câmera na nuvem, o condomínio terá acesso a uma plataforma on-line para ver todas as imagens da câmera ao vivo ou então recuperar trechos específicos.

Gravações de qualidade

É possível enviar imagens e vídeos em alta resolução para gravação na nuvem, sendo que o condomínio precisará apenas dos recursos adequados.

Isso quer dizer que vai ser preciso contar com um link de Internet com um upload rápido.

Além disso, o custo do serviço de armazenamento na nuvem aumentará, já que é necessário um espaço maior de gravação para ter mais qualidade no vídeo.

Câmeras unificadas

Com certeza o condomínio que possui diversas câmeras espalhadas em vários locais sabe exatamente a dificuldade que é para gerir todo o sistema.

Armazenar as imagens na nuvem vai resolver esse problema.

Isso acontece, pois, quando as câmeras enviam as imagens para a web, consegue-se acessar todas as gravações do mesmo computador, ou até mesmo montar um mosaico com as imagens em uma mesma tela.

E isso é possível mesmo que as câmeras estejam localizadas em diferentes residências e a muitos quilômetros de distância.

Muitas pessoas já passaram pela situação de perceber que a câmera estava parada há um bom tempo, quando precisaram do vídeo, não é mesmo?

Pois bem, a gravação em nuvem vai prevenir problemas como esse, avisando no ato, assim que a câmera parar de funcionar.

Enfim, segurança tem sido uma das maiores preocupações da população.

Por isso, é natural que se invista em segurança nos condomínios, e a principal solução para isso é instalar um sistema de monitoramento de câmera na nuvem.

E aí, o que achou deste post? Ficou interessado nessa nova estratégia de proteger as câmeras do condomínio? Então entre em contato e saiba mais!

Posts relacionados

Deixe uma resposta